AVISO! Nem pense em comprar qualquer outro produto para tratamento de espinhas antes de ler isto...

Espinhas: cuidado com a oleosidade da pele

Espinhas

A forma mais fácil de não ter problemas com as espinhas é fazendo uma prevenção com qualidade, evitando o que causa esse problema. A oleosidade é um dos fatores que mais contribui para que a acne apareça em nosso corpo, e por isso que é extremamente importante evitar que isso ocorra. Se você tem espinhas causadas pela oleosidade, com a mudança de alguns hábitos é possível que a acne desapareça.

Talvez o cuidado mais importante que se deve ter é a temperatura da água do chuveiro no momento do banho. Quando ela é muito quente, a oleosidade natural da pele é eliminada, e, dessa forma, o organismo é obrigado a produzir mais sebo para compensar. Quando isso acontece, é provável que haja excesso de óleo em seu corpo. Regule a temperatura para fria ou no máximo morna para que isso não ocorra.

Quem tem o hábito de utilizar maquiagem diariamente também deve ficar atento para os problemas com acne que podem resultar quando se o processo não é feito corretamente. Quem tem a pele naturalmente oleosa, geralmente utiliza o pó para evitar o brilho excessivo da pele. É necessário limpar a pele após a utilização desse tipo de produto, preferencialmente com uma espuma de limpeza combina com uma loção adstringente para que sua maquiagem não vire um problema.

O sol também é um fator que aumenta a oleosidade da pele, por isso nunca saia de casa sem passar protetor solar. Existem produtos que são específicos para peles oleosas, então não economize e compre os que melhor funcionarão para você. Quem passa boa parte de seu dia em um ambiente com ar condicionado também deve ter cuidado, pois a pele tende a ficar ressecada e o aumento da oleosidade é um processo natural do corpo. Procure ficar hidratado, bebendo bastante água para que não hajam muitos danos a sua pele.

Quer saber como se livrar de vez das espinhas e da acne? Acesse http://www.semespinhaseacne.com e descubra como!

Se você gostou do post compartilhe-o no +1, Facebook e Twitter. Utilize os comentários abaixo para dúvidas, críticas ou elogios.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *